AÇÃO DE COBRANÇA – ACIDENTE – SEGURO – NOVO CPC

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DA …ª VARA ________ DA COMARCA DE ……………………

___________, brasileiro, casado, (profissão), RG nº __________/SSP, CPF nº ___.___.___-__, Nascido em __/__/____, Filiação _________ e _________, Residente na Rua: _________, nº __, Bairro: _________, na Cidade de _________, CEP _____-___, por seu representante infra-assinado, que receberá as intimações na Rua _________, nº __, Bairro: _________, na Cidade de _________, CEP _____-___, e-mail __________, vem, perante Vossa Excelência, propor

AÇÃO DE COBRANÇA DE SEGURO POR DANOS CAUSADOS EM ACIDENTE DE VEÍCULO

com fulcro nos arts. 757 e ss. Do CC e 318 do CPC/2015, contra ___________, CNPJ nº __________, com sede na Rua: _________, nº __, Bairro: _________, na Cidade de _________, CEP _____-___, pelas razões que passa a expor:

1 – FATOS E FUNDAMENTOS

O autor estacionou seu carro em frete ao restaurante “__________”, onde um caminhão – que não pode ser identificado -, bateu na traseira de seu veículo. O veículo estava estacionado em local permitido e em conformidade com a lei de trânsito brasileira. O acidente ocorreu por culpa exclusiva do caminhoneiro que dirigia em alta velocidade, conforme relato de testemunhas. (doc. 2)

O autor possui apólice de seguro do carro (doc. __), junto à ré, que cobre totalmente o sinistro e esta devidamente quitada. Entrando em contato com a seguradora, foi informado que as devidas providências estariam sendo tomadas, mas depois de diversas ligações, o autor não obteve nenhuma resolução para o seu problema.

A lei dá amparo total ao pedido do Autor:

Art. 757.    Pelo contrato de seguro, o segurador se obriga, mediante o pagamento do prêmio, a garantir interesse legítimo do segurado, relativo a pessoa ou a coisa, contra riscos predeterminados.

Art. 758.    O contrato de seguro prova-se com a exibição da apólice ou do bilhete do seguro, e, na falta deles, por documento comprobatório do pagamento do respectivo prêmio.

Art. 772.    A mora do segurador em pagar o sinistro obriga à atualização monetária da indenização devida segundo índices oficiais regularmente estabelecidos, sem prejuízo dos juros moratórios.

O autor tem urgência no conserto do carro, pois o veículo é seu instrumento de trabalho.

Como seu automóvel é seu ganha-pão, o Autor autorizou a mecânica “___________”    efetuar os devidos reparos, pela quantia de R$ _____,__ (__________ reais), sendo essa a que apresentou o orçamento de menor valor, conforme orçamentos em anexo. (docs. _, _, e _).

2 – REQUERIMENTOS

Requer o conhecimento e a apreciação da presente ação, com designação de audiência de mediação ou de conciliação, sendo o réu citado com, no mínimo, 20 (vinte) dias de antecedência. Não comparecendo o réu à audiência, sem que, com no mínimo 10 (dez) dias de antecedência, tenha peticionado em contrário à autocomposição, pede-se a aplicação de multa de 2% do valor da causa, conforme o art. 334, §§ 5º e 8º, do CPC/2015.

Pede que o Réu seja informado que poderá contestar a petição inicial, em até 15 (quinze) dias contatos da audiência de mediação/conciliação, conforme o art. 335 do CPC/2015, e caso não conteste a ação, incorrerá em revelia, conforme o art. 344 do CPC/2015.

Espera-se que a ação seja julgada totalmente procedente, condenando o Réu ao ressarcimento dos danos que o autor sofreu, acrescidas de juros, multa e correção monetária, além do pagamento das custas e despesas processuais, bem como os honorários advocatícios.

Almeja-se provar o alegado por todos os meios de prova em direito admitidos.

Atribui-se à causa o valor de R$ ________.

 

Nestes termos,
Pede deferimento.

[Local] [data]

__________________________________
[Nome Advogado] – [OAB] [UF].