Como dedicar tempo para cuidar da gestão do meu escritório

Por Leonardo Moraes, Administrador de empresas, pós-graduado em marketing e vendas, consultor especialista em gestão de escritórios, estratégia de negócios jurídicos, gestão financeira e marketing jurídico. Experiência e vivência com mais de 09 anos na gestão e consultoria para escritórios de advocacia de diversos portes nas principais capitais brasileiras. Sócio do escritório Leonardo Moraes Empreendedorismo Jurídico https://leonardomoraes.me/


Pare de colocar a culpa no tempo.

Ah…Eu não tenho tempo para fazer gestão. Essa desculpa eu ouço constantemente dos advogados.
Não é a falta de tempo, é a falta de prioridade que você não dá para o que realmente importa.

É SÓ OLHAR NO SEU INSTAGRAM, LÁ TEM UM INDICADOR QUE APONTA O TEMPO MÉDIO QUE VOCÊ PASSA POR DIA, NELE, IMAGINA NO WHATSAPP, PERDENDO TEMPO EM GRUPOS, VENDO NOTÍCIAS QUE NÃO AGREGAM, E POR AI VAI.

Todos nós temos as mesmas 24 horas e a diferença dos escritórios que tem resultados e aqueles que não tem e estão perdendo faturamento, rentabilidade e clientes, é uma só.

É a visão estratégica e a dedicação no que realmente importa e é relevante.

E se você quer mesmo sair dessa prisão da falta de tempo e de parar de dar desculpas, é fundamental que olhe primeiro para a sua realidade e entenda o que precisa ser melhorado.

Com isso em mãos é o momento de definir objetivos e indicadores de desempenho para que você faça essa avaliação mensal.

Mas não para por ai…

Você precisa criar um hábito.

Comece aos poucos, se dedicando meia hora por dia para olhar o seu negócio jurídico de forma estratégica.

Com o tempo diminua para 3 vezes por semana, depois para 2 x e por fim se dedique apenas um dia na semana para ter um tempo focado.

É dessa forma que você vai conseguir avaliar se o escritório está caminhando para atingir os objetivos que você determinou.